Programa Operacional Centro 2020

SI Internacionalização das PME

Designação do projetoPlano Estratégico 2015-2017: Investir na Valorização, Crescimento e Internacionalização
Código do projeto002117
Objetivo principalReforçar a competitividade das pequenas e médias empresas
Região de intervençãoCentro
Entidade beneficiáriaElastictek - Indústria de Plásticos, S.A.
Data de aprovação07-09-2015
Data de início01-09-2015
Data de conclusão31-08-2017
Custo total elegível666.455,00 EUR
Apoio financeiro da União EuropeiaFEDER – 299.904,75 EUR
Objetivos, atividades e resultados
    • Inovar na sua gama de produtos, com o lançamento no mercado de produtos com elevada qualidade para garantir a certificação junto dos clientes;
    • Incrementar patamar tecnológico da empresa, intervindo especialmente no processo produtivo de extrusão multicamada e multiproduto;
    • Garantir um excelente nível de serviço, cumprindo prazos de entrega e demonstrando flexibilidade para entregas urgentes;
    • Elevar a capacidade produtiva instalada e atingir a excelência em matéria de produtividade, eficiência produtiva, energética e ambiental e economias de escala;
    • Incrementar a capacidade de I&D e engenharia de produtos e processos, procurando uma verdadeira e definitiva afirmação da empresa nos mercados internacionais;
    • Garantir a qualidade dos produtos e a sua inovação contínua, pela integração das capacidades de conceção e engenharia, know-how dos recursos humanos de I&D aplicáveis à atividade e ainda pelo investimento na área de laboratório, controlo de qualidade e engenharia, no sentido de permitir o lançamento dos novos produtos procurando uma atitude pró-ativa e conquista de melhores proveitos e margens, mas também que permita assegurar um controlo efetivo da qualidade dos produtos, em todos os requisitos e parâmetros requeridos para se obter produtos certificados;
    • Alavancar as capacidades organizativas e de marketing da empresa, além da vertente tecnológica, para obter, também por esta via, importantes ganhos de produtividade, assim como a garantia de promoção dos produtos, a notoriedade das novas marcas e o crescimento sustentável das exportações;
    • Ganhar quota de mercado no segmento dos componentes para dispositivos de higiene, assente na exploração da gama de produtos à base de polietileno;
    • Penetrar nos mercados com economias emergentes do Norte de África e Magrebe, devido à proximidade geográfica, conseguindo desta forma responder à crescente procura com preços mais competitivos;
    • Reduzir significativamente o risco do investimento através da diversificação da comercialização e produção, ao invés de se produzir só um produto;
    • Maximizar o potencial do novo equipamento, com maiores probabilidades de alcançar um volume de negócios sólido e sustentável de forma a aumentar a rentabilidade da fábrica;
    • Criar sinergias com a produção e venda dos vários tipos de produtos.

Neste sentido será adotada uma estratégia de diversificação, isto é, penetrar novos mercados com uma larga gama de produtos disponíveis.

As tipologias de ações previstas no projeto são as seguintes:

    • Conhecimento de mercados externos (Feiras/ Exposições): como a INDEX 2017 (Suíça), no sentido de captar e fidelizar novos clientes;
    • Presença na web, através da economia digital: o promotor pretende implementar a sua presença na web através da conceção de um website, o registo de domínio e a otimização dos motores de busca e das redes sociais;
    • Desenvolvimento e promoção internacional de marcas (Ações de promoção): através da conceção e branding de imagem de marca e o registo de marcas próprias;
    • Prospeção e presença em mercados internacionais (Prospeção e captação de novos clientes): captação de clientes em vários mercados (Bélgica; Suécia; Alemanha; Espanha; Dinamarca; Marrocos; Argélia; Itália; Polónia; França; Países Baixos; Eslováquia; Turquia; Egipto; Filipinas; República Checa; Rússia);
    • Marketing internacional: com a criação de logotipo, conceção de catálogos físicos e digitais para distribuição nos mercados-alvo e a contratação de serviços de publicidade, assessoria de imprensa e RP;
    • Introdução de novo método de organização nas práticas comerciais ou nas relações externas: a empresa pretende elaborar um estudo de viabilidade e contratar consultores externos para ganhar conhecimento sobre todas as variáveis dos mercados onde pretende operar e, assim, saber quais as estratégias a abordar para garantir o sucesso do projeto;
    • Certificações específicas para os mercados externos: Certificação de produtos em laboratório acreditados.

 

Com o projeto de Internacionalização a Elastictek pretende atingir um Volume de Negócios Internacional com um peso de 94% do Volume de Negócios total.

SI Qualificação das PME

Designação do projetoPlano Estratégico 2015-2017: Investir na Valorização, Crescimento e Internacionalização
Código do projeto

002066

Objetivo principalReforçar a competitividade das pequenas e médias empresas
Região de intervençãoCentro
Entidade beneficiáriaElastictek - Indústria de Plásticos, S.A.
Data de aprovação07-09-2015
Data de início01-09-2015
Data de conclusão31-08-2017
Custo total elegível848.000,00 EUR
Apoio financeiro da União EuropeiaFEDER – 381.600,00 EUR
Objetivos, atividades e resultados
    • Inovar na sua gama de produtos, com o lançamento no mercado de produtos com elevada qualidade para garantir a certificação junto dos clientes;
    • Incrementar patamar tecnológico da empresa, intervindo especialmente no processo produtivo de extrusão multicamada e multiproduto;
    • Garantir um excelente nível de serviço, cumprindo prazos de entrega e demonstrando flexibilidade para entregas urgentes;
    • Elevar a capacidade produtiva instalada e atingir a excelência em matéria de produtividade, eficiência produtiva, energética e ambiental e economias de escala;
    • Incrementar a capacidade de I&D e engenharia de produtos e processos, procurando uma verdadeira e definitiva afirmação da empresa nos mercados internacionais;
    • Garantir a qualidade dos produtos e a sua inovação contínua, pela integração das capacidades de conceção e engenharia, know-how dos recursos humanos de I&D aplicáveis à atividade e ainda pelo investimento na área de laboratório, controlo de qualidade e engenharia, no sentido de permitir o lançamento dos novos produtos procurando uma atitude pró-ativa e conquista de melhores proveitos e margens, mas também que permita assegurar um controlo efetivo da qualidade dos produtos, em todos os requisitos e parâmetros requeridos para se obter produtos certificados;
    • Alavancar as capacidades organizativas e de marketing da empresa, além da vertente tecnológica, para obter, também por esta via, importantes ganhos de produtividade, assim como a garantia de promoção dos produtos, a notoriedade das novas marcas e o crescimento sustentável das exportações;
    • Ganhar quota de mercado no segmento dos componentes para dispositivos de higiene, assente na exploração da gama de produtos à base de polietileno;
    • Penetrar nos mercados com economias emergentes do Norte de África e Magrebe, devido à proximidade geográfica, conseguindo desta forma responder à crescente procura com preços mais competitivos;
    • Reduzir significativamente o risco do investimento através da diversificação da comercialização e produção, ao invés de se produzir só um produto;
    • Maximizar o potencial do novo equipamento, com maiores probabilidades de alcançar um volume de negócios sólido e sustentável de forma a aumentar a rentabilidade da fábrica;
    • Criar sinergias com a produção e venda dos vários tipos de produtos.

Neste sentido será adotada uma estratégia de diversificação, isto é, penetrar novos mercados com uma larga gama de produtos disponíveis.

As tipologias de ações previstas no projeto são as seguintes:

    • Economia digital e tecnologias de informação e comunicação (TIC): pela implementação de um ERP com gestão documental, MES (gestão do chão de fábrica), Software de segurança e backup, CRM, assim como a instalação de uma central telefónica e equipamentos de comunicações;
    • Inovação organizacional e gestão: através da aquisição de equipamento informático (computadores, servidores, impressoras, leitores de códigos de barras). Adicionalmente, a empresa pretende elaborar um estudo de viabilidade e contratar consultores externos para ganhar conhecimento sobre todas as variáveis dos mercados onde pretende operar e, assim, saber quais as estratégias a abordar para garantir o sucesso do projeto;
    • Qualidade: pela certificação de qualidade ISO.

Com o projeto de Qualificação a Elastictek pretende implementar inovações de carácter Organizacional, contribuindo fortemente para a capacidade de inovação da economia, designadamente através da utilização de ferramentas de marketing e de serviço sofisticadas, de um modelo de gestão orientado para a inovação aberta (market oriented), da qualidade dos Recursos Humanos da empresa e, por outro lado, pela possibilidade de criação de parcerias com entidades não empresariais do Sistema de I&I.